PEEPING TOM

PEEPING TOM 32 RUE VANDENBRANDEN PICTURES

32 rue vandenbranden
O roteiro de ações físicas é inspirado no filme japonês A balada de Naraiama (1983), de Shohei Imamura, aquele de imagens dilacerantes, como a do filho carregando a mãe nas costas, abraçados pelo vento, subindo a montanha para pousá-la no cume até a morte, como reza a tradição local de que todo septuagenário deve ter igual destino. No mesmo vilarejo do final do século XIX, pais costumavam vender bebês para sobreviver. Essas misérias material e espiritual não aportam literais no palco. Antes, são essencialidades que tornam o espetáculo um fabuloso poema visual escrito no e com o corpo e o espaço cenográfico. A música também é celebrada à altura, com instantes como a suíte O pássaro de fogo, de Stravinski, e a canção Shine on you crazy diamond, da banda Pink Floyd.