ALEXANDER EKMAN

Jogo
Convidado pela primeira vez ao Palais Garnier, o coreógrafo Alexander Ekman viveu um sonho: trabalhar com os bailarinos do Ballet da Ópera de Paris! Para mergulhá-los no universo de sua peça, ele os convidou a tocar. Afinal, a dança não é também entretenimento, diversão, prática, exercício e manipulação? Aqui, o jogo é tudo e em todos os lugares. Dos adereços aos sets. Pois, como repete o coreógrafo, brincar nos deixa felizes; nunca se deve deixar de ser criança. Nos estúdios Massenet e Blanchine, a fotógrafa Anne Deniau se concentra em alguns adereços emblemáticos dessa produção, enquanto o dramaturgo Nicolas Doutey reflete sobre essas novas composições visuais.

Peaches & Pussykrew

Fill the Whole
Como parte do espaço virtual Cyberia do CTM Festival, a música pioneira Peaches se juntou aos artistas visuais Ewelina Aleksandrowicz e Andrzej Wojtas, também conhecido como Pussykrew, para criar uma experiência única de videogame. Intitulado Fill the Whole, o jogo é descrito como um “exercício experimental de amor próprio e aceitação” que permite ao jogador explorar a positividade corporal e a liberdade de gênero.

MAURIZIO CATTELAN

マウリツィオ·カテラン
Маурицио Каттелана
ARTISTA ITALIANO CONTEMPORÂNEO AUTO-APRENDIZADO, NASCIDO EM PÁDUA EM 1960 MORA ATUALMENTE EM NOVA YORK. SUA PROPOSTA ARTÍSTICA ESTÁ LOCALIZADA ENTRE ESCULTURA E DESEMPENHO (AÇÃO ARTÍSTICA ONDE UM ARTISTA OU UM GRUPO DE ARTISTAS PARTICIPA COM O USO DO CORPO COMO UM ELEMENTO ESCULTURAL “VIVO” NA FRENTE DO PÚBLICO), TRABALHANDO PRINCIPALMENTE NO JOGO. O SENTIDO DE HUMOR E A TRANSGRESSÃO DOS SÍMBOLOS ESTABELECIDOS CONSTITUEM SUAS PRINCIPAIS ARMAS EXPRESSIVAS.