JUNYA ISHIGAMI

준야 이시가미
Cuboid Balloon

Quando olhamos para a obra Cuboid Balloon, do artista Junya Ishigami, a primeira coisa que passa pela cabeça é imaginar como uma estrutura pode parecer tão imensamente pesada e, ao mesmo tempo, parecer flutuar? Trata-se de um pensamento absurdo, mas é impossível não refletir sobre esta dualidade. O cubo gigantesco de fato está lá, flutuando, no átrio do Museu de Arte Contemporânea de Tóquio. E o mais incrível é que o balão de alumínio, que pesa uma tonelada, é capaz de pairar no ar por causa de 1.000 m³ de um outro elemento muito simples, o gás hélio.

DANIEL EATOCK

fall and rise
Um balão colorido (cheio de um sopro) suspenso do teto por uma fita branca, um segundo balão (cheio de hélio) fixado ao chão flutuando em uma fita branca. Os dois balões tocam-se suavemente aproximadamente na altura da cabeça.