Doug Wheeler

Luz, volume, escala, desorientação, infinitude, ilusão e realidade: estes os vetores da arte da luz como praticada por Doug Wheeler no contexto de um movimento ao mesmo tempo minimalista nos materiais físicos da obra e maximalista quanto à amplitude de sensações provocadas. “Luz e espaço” é o título de uma tendência reunindo artistas em torno interessados na luz surgida na Califórnia nos anos 1960. Piloto de aviões, Doug Wheeler anotou as sensações estimulantes e desnorteantes do vôo; de modo análogo, suas obras “desestabilizam nosso sentido de equilíbrio e nos levam a mover-nos em compasso com a Terra na direção de um horizonte inalcançável”. Outro modo de dizer a mesma coisa é destacar que Doug Wheeler busca a experiência do sublime.

Regine Schumann

colormirror dornbirn
Regine Schumann is a minimalist artist who works with Light Art, initially inspired by Color Field Painting and artists as Mark Rothko, Donald Judd and Dan Flavin. Schumann’s boxes and installations are made of acrylic colour plates especially produced for her. Her work is more than just Concrete Art. Conceptualized as emotive spaces, Schumann’s colour– lled light rooms provoke intense feelings of something otherworldly. Her minimalistic approach affects everything from her choice of materials to the way she plays with form and colour.