ZAHA HADID ARCHITECTS

زها حديد
扎哈·哈迪德
זאהה חדיד
ザハ·ハディド
ЗАХА ХАДИД
KAPSARC
KING ABDULLAH PETROLEUM STUDIES AND RESEARCH CENTER

metalocus_kapsarc_zaha_hadid_21

source:archdailycombr
Descrição enviada pela equipe de projeto. KAPSARC (King Abdullah Petroleum Studies and Research Center) é uma instituição sem fins lucrativos de apoio à pesquisa independente em políticas que tem como objetivo o uso mais eficaz da energia na promoção do bem-estar social ao redor do mundo.

O KAPSARC desenvolve políticas e estruturas econômicas que visam a redução do impacto ambiental e os custos globais no fornecimento de energia, permitindo seu uso de forma mais eficiente a partir de soluções práticas baseadas em tecnologia.

Colaborando com centros internacionais de pesquisa, organizações de políticas públicas, instituições governamentais e indústria do mundo todo, o KAPSARC reúne os melhores especialistas da atualidade para enfrentar desafios energéticos; compartilhando livremente seus conhecimentos, ideias e análises.

Com uma área de 70.000 m², a sede da KAPSARC organiza-se em cinco edifícios: o Centro de conhecimento energético; o Centro de energia computacional; um Centro de Conferências com espaço expositivo e auditório para 300 pessoas; uma biblioteca de pesquisa com um arquivo de 100.000 volumes; e o Musalla, um espaço inspirador para a oração dentro do campus.

O projeto da KAPSARC foi desenvolvido a partir de importantes considerações técnicas e ambientais, uniformizando as características dos cinco elementos do campus. Este foi o primeiro projeto da ZHA a receber a certificação LEED Platinum pelo US Green Building Council. A sede da KAPSARC foi projetada levando em conta às condições ambientais do Riyadh Plateau, tornando-se um exemplo para a redução do consumo de energia e recursos na região.

A principal estratégia projetual foi a composição de um sistema celular, parcialmente modular, que integra diferentes edifícios da sede criando espaços públicos e conectados entre si.

As estruturas hexagonais, como de uma colmeia, utilizam a menor quantidade possível de material para criar uma rede de células interconectadas dentro de um mesmo volume. Este princípio estrutural determinou a composição do KAPSARC como uma amálgama de formas cristalinas que emergem da paisagem desértica, procurando melhor responder às condições ambientais e os requisitos internos do programa. A grade hexagonal foi comprimida em direção ao eixo central do projeto, como uma extensão local do “wadi”, um canal natural de drenagem, que corre para o oeste.

Um centro de pesquisa é por si só, uma instituição voltada para o futuro, e a arquitetura do KAPSARC também está voltada nesta direção através de sua composição formal que pode ser expandida ou adaptada sem comprometer o caráter principal da estrutura como um todo.

A modularidade do projeto cria estratégias organizacionais, espaciais e estruturais consistentes que são responsáveis por coordenar cada um dos elementos do edifício. Os seis lados das estruturas hexagonais também oferecem maiores oportunidades de conectividade quando comparadas a células retangulares com apenas quatro lados.

Os cinco edifícios do KAPSARC diferem no tamanho e na organização interna, isto porque foram pensadas para melhor responderem as suas distintas demandas. Cada edifício é dividido em componentes funcionais que podem ser adaptados para responder às possíveis mudanças nas demandas ou métodos de trabalho. Células adicionais podem ser facilmente introduzidas, estendendo a grade hexagonal para futuras expansões do campus.

O arranjo da estrutura e a forma dos edifícios do KAPSARC contribuem para suavizar a intensidade da luz e do calor características marcantes do Riyadh Plateau.

Os edifícios do campus se organizam ao redor de um grande pátio público sombreado por uma série de coberturas apoiadas em uma floresta de colunas de aço. Configurando uma envoltória sólida e protetora da incidência direta da luz do sol vinda do sul, o campus do KAPSARC se abre para norte e oeste; favorecendo a ventilação natural, oriunda predominantemente da direção norte, para resfriar o pátio durante os meses de temperatura mais amena e facilitando possíveis conexões futuras para a expansão do campus em direção norte, além de criar conexões com o conjunto residencial de pesquisadores localizados na direção oeste.

De modo a privilegiar o pedestre, cada um dos edifícios é acessado a partir do pátio central que também serve como espaço para reuniões e de conexão entre os edifícios durante as estações mais amenas. Uma passagem subterrânea também conecta os principais edifícios do campus para um maior conforto dos usuários nos períodos mais quentes do ano.

Mesmo com sua resistente envoltória, que abriga o edifício das temperaturas extremas, a arquitetura do KAPSARC é porosa por dentro. Células hexagonais abertas foram estrategicamente localizadas dentro de cada edifício para criar uma série de pátios protegidos que permitem a iluminação natural de forma controlada dos espaços internos.

Voltadas para as condições de sol e vento mais favoráveis, as formas cristalinas das células arquitetônicas prismáticas são mais altas na porção sul, oeste e leste do campus, protegendo os espaços internos da incidência direta dos raios solares, enquanto os pátios internos são orientados para o norte e o noroeste, proporcionando iluminação indireta dos seus espaços.

Os “coletores de vento”, integrados nos perfis da cobertura de cada pátio e voltadas para o sul, captam os ventos predominantes vindos do norte, resfriando os espaços internos dos pátios.

A arquitetura translúcida do KAPSARC promove um convívio ativo entre pesquisadores e visitantes. Através de uma série de vazios nos pavimentos sucessivos, é possível criar conexões visuais verticais no interior dos edifícios; oferecendo transparência entre os pavimentos em áreas públicas projetadas como zonas coletivas para que os pesquisadores se encontrem informalmente e troquem idéias. As áreas de segurança e os dormitórios privados estão situados dentro das áreas fechadas, quando os pavimentos se sobrepõem.
.
.
.
.
.
.
.
source:designboomcom
a new video of the king abdullah petroleum studies and research center (KAPSARC) in riyadh, saudi arabia by zaha hadid architects has been released. filmed by german photographer hans georg esch, the 7-minute movie showcases the building from every angle, discovering its beauty and stateliness. completed in 2017, the project has been shortlisted in the category of higher education and research completed buildings at the world architecture festival 2018 happening later this year in amsterdam.

with a campus that spans over 70,000 square meters, the king abdullah petroleum studies and research center (KAPSARC) is a modular structure that grows and multiplies like a living, organic cell. comprised of five hexagonal prismatic honeycomb-shaped structures, the center is a non-profit institution for independent research into policies that contribute to the most effective use of global energy. it develops policies and economic frameworks that aim to reduce the environmental impact and overall costs of energy supply and enable practical technology-based solutions to use this more efficiently.