EDUARDO SRUR

אדוארדו סרור

Boat
Festival Serrinha

source: eduardosrur
O paulistano Eduardo Srur começou na pintura, mas se destacou nas intervenções urbanas.
Suas obras se utilizam do espaço público para chamar a atenção para questões ambientais e o cotidiano nas metrópoles, sempre com o objetivo de ampliar a presença da arte na sociedade e aproximá-la da vida das pessoas. A cidade é o seu laboratório de pesquisa para a prática de experiências artísticas; o público e os governos são o seu alvo.
O conjunto de trabalhos de Srur serve como um guia para espaços mal administrados e para erros urbanísticos. Acima de tudo, são críticas conceituais que despertam a consciência e o olhar para uma nova estética e o entendimento das artes visuais.
Realizou diversas intervenções urbanas na cidade de São Paulo e participou de exposições em muitos países, entre eles Cuba, França, Suiça, Espanha, Holanda, Inglaterra, Alemanha.
O artista mora e trabalha em São Paulo.
.
.
.
.
.
.
.
source: barogaleria
Graduate as a painter, Eduardo Srur (San Paulo, 1974) started from 2002 to investigate new media with emphasis on urban intervention, by which develops a socialpoetic reflection , aesthetic experimentation and society criticism. Srur made important interventions at the city of San Paulo: spread giant PET bottles by the river Tietê, dressed Borba Gato monument with lifejacket, installed dozens of kayaks manned by mannequins in polluted Pinheiros river and attacked the Cow Parade with “Touro Bandido“, a Brazilian popular icon. Besides Brazil has exhibited in France, Switzerland, Spain, Holland, England, Germany, Italy and Cuba.