Waleria Americo

Plano De Fuga 1

Waleria Americo   Plano De Fuga 1

source: losboisblogspot

Waléria Américo desenvolve uma investigação em que o corpo, a paisagem e a cidade são elementos propositivos para sua poética. Plano de fuga n.1 é resultado de uma performance voltada à paisagem, na qual a artista fica suspensa com pernas de pau gigantes.

Rodrigo Braga e Jonathas Andrade apresentam, nesta exposição, o resultado de seus projetos selecionados na Bolsa Funarte de Estímulo à Criação Artística 2008, nas categorias Fotografia e Artes Visuais, respectivamente. Os artistas tiveram cerca de sete meses para desenvolver as propostas. Em 2009, esse edital não foi reeditado.
.
.
.
.
.
.
.
source: pipaorgbr

Artista visual, suas experimentações trafegam entre vídeo, fotografia e intervenção, investigando as relações entre o corpo e seu entorno; a habitação e a trajetividade.
É graduada em Artes Plásticas pela Faculdade da Grande Fortaleza, com Especialização em Audiovisual e Meios Eletrônicos pela Universidade Federal do Ceará.

Em 2011 participou da exposição a A 4 º do Equador no Ateliê 397 (São Paulo) e Cinema de pequenos gestos (des) narrativas no Centro Cultural Banco do Nordeste (Fortaleza CE).

Em 2010 integrou o Programa de Aprofundamento da Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV-RJ). Participou das exposições: Entre-vistas no Parque Lage (Rio de Janeiro RJ); Focus Brasil na Galeria Moro (Santiago Chile); Sala de Estar no Lugar a Dudas (Cali – Colômbia) ; Tempo Festival das Artes na Oi Futuro (Rio de Janeiro – RJ) e Paisagens Transpostas no Museu Murillo La Greca (Recife PE).

Em 2009, colaborou com as artistas Simone Barreto e Marina de Botas no projeto Temporada, selecionado pelo Salão de Abril (Fortaleza, CE), e participou das seguintes exposições coletivas: Teu corpo em paisagem no Ateliê Aberto (Campinas SP), de Cartas Trajetos na Usina Cultural Energisa (João Pessoa PB); da Alcova na Galeria Laura Marsiaj (Rio de Janeiro RJ) e Rosa dos Ventos Funarte (Brasília DF).

Em 2008, realizou sua primeira exposição individual no Centro Cultural Banco do Nordeste (Fortaleza CE), participou da ARCO, em Madri (Espanha), e do Circuito Intensivo, no Alpendre (Fortaleza CE).

Em 2007, participou do Panorama da Arte Brasileira, MAM (São Paulo SP); da Verbo, na Galeria Vermelho (SãoPaulo SP), da exposição Quase Nordeste, na Galeria Oeste (São Paulo SP) e do Salão de Abril (Fortaleza CE).

Em 2005/2006 integrou os programas da Bolsa de Arte do Museu de Arte da Pampulha (Belo Horizonte), e do Rumos Visuais, do Instituto Itaú Cultural (São Paulo).