EMIL ALZAMORA

埃米尔·阿尔萨莫拉
Эмиль Альзамора

“A forma humana é uma constante no meu trabalho. Costumo exagerar ou distorcer para revelar uma situação emocional ou física, ou para contar uma história. Limitação e potencial são tão humanos quanto a carne, mas dificilmente tão tangíveis. Em meus trabalhos procuro tornar visível essa interação ”.