Chad Knight

Chad Knight Reconcile

source:https:casacorabrilcombr
O artista norte-americano Chad Knight começou um desafio intitulado “365 challenge“, que tinha como intenção criar uma nova peça de arte digital todos os dias como um exercício simples para ajudá-lo a melhorar o seu ofício. Em vez disso, “rapidamente se transformou em um diário visual”, relembra Knight, em entrevista ao The Creators Project.

As obras existem em seu próprio mundo, cheio de belas e assustadoras impossibilidades, como gigantescos crânios desconstruídos e um enorme homem elefante que se parece com um deus antigo e poderoso. Não há nenhuma verossimilhança que nós associamos tipicamente com o mundo real. Mas, ao mesmo tempo, Knight diz que seu diário visual é “tão fortemente codificado que eu posso compartilhá-lo com o mundo e torná-lo facilmente entendível.” Hoje, as criações que eram para ser apenas um passatempo, ganharam o mundo e o artista já pensa em uma segunda fase para o projeto. Assim esperamos!
.
.
.
.
.
.
.
source:oversodoinversocombr
O artista digital Chad Knight tem uma abordagem única em suas esculturas digitais que fascina as pessoas em todo o mundo através da internet.

Knight revela que o desejo de melhorar constantemente é um importante motivador em seu processo de criação e que ele gosta tanto do processo como do resultado.

Muitas pessoas procuram simbolismo nas obras de Knight e estão certas. “Tudo no meu trabalho representa algo ou alguém. Minha arte é muito parecida com um jornal criptografado que posso compartilhar publicamente”.
.
.
.
.
.
.
.
.
source:boredpandacom
Chad Knight is a 41-year-old visual artist creating mind-bending 3D drawings. His unique approach to digital sculptures fascinates people all over the internet.

“I think I became a visual artist at conception,” Chad told the Klassik Magazine. “It is more who I am as a person than what I do. However, the reason I make digital art is that I have a very overactive, noisy mind. Creating modern art is one of the few things that allow me to present. I skateboarded professionally for 16 years. During that time, it served as my creative outlet. Now that I do not have the opportunity to do it as often, combined with being less enthusiastic about broken bones, my visual art explorations have become my new outlet.”

Knight reveals, that the desire to continually improve is a significant motivator in his creating process and that he enjoys both: the process and the result.

Many people look for symbolism in Knight’s surrealism works, and they are right too. “Everything on my work represents something or someone. My art is very much like an encrypted journal that I can share publicly.” publicly.”