ISABEL BERGLUND

ISABEL BERGLUND

source: promostyl

Graduate of the Danish school of design and the Central Saint Martins College of Fashion and Textile in 2000, Isabel Berglund, having already exhibited around the world, is now one of the creative artists who makes use of knitting in contemporary art.

Using knitted wool to create sculptures, she creates archaic memories with the mesh, sometimes incorporating clothing fragments so you can curl up in the sculptures and experience the inside. An experimental space where human and material boundaries merge in a knitted web of emotion, her work puts the poetic insight of a child at our fingertips.
.
.
.
.
.
.
.
.
source: nasentrelinhas

Esculturas incomuns, feitas de lã. Em escalas e formas que desafiam a imaginação, deixam questionamentos sobre o pertencimento às categorias de arte e design. A base de todas elas está ancorada na técnica do tricô que a designer dinamarquesa Isabel Berglund desenvolve com criatividade e originalidade ilimitadas. A tessitura que se entrelaça a elementos como madeira e acrílico ergue instalações lúdicas marcadas pelas proporções que confrontam a realidade.

O domínio da lã e agulha aplicados às malhas do vestuário se agiganta nas tramas ora monocromáticas, ora coloridas. As composições redimensionam novos significados para criações simbólicas que vestem e aquecem outros olhares sobre objetos fora dos padrões convencionais. O surrealismo do tricô puxa pelo fio da imaginação e fantasia que cabem nos contos de fadas. O que pensar da “Queens Chair” elaborada em lá verde com pontos que unem a cadeira e a mulher que a ocupa em uma só peça? E a “City of Stitches”, com a casa de cômodos plácidos e uma frondosa árvore ao meio?

O abstracionismo de Berglund é agudo. Basta adentrar no “Closet Knitter”. O revestimento do tricô branco feito à mão esconde a rigidez da madeira e desata uma série de interrogações sobre a cadeira almofadada por um suéter e a luminária que desce do teto. Como um puzzle, as peças compõem uma figura humana ou colaboram para uma ilusão de ótica? As suposições cabem nos mais diversos pontos de vista e tecem pensamentos múltiplos para além da textura macia que desfila nas roupas invernais.
.
.
.
.
.
.
.
source: farfetch

Isabel Berglund cursou mestrado em Malharia na Central St. Martin’s, de Londres em 2000. Berglund é fascinada por malhas e os efeitos espaciais e esculturais que podem ser criados em lã em combinação com materiais atípicos, tais como metais, fios ou cabos transparentes. Seus desenhos podem ser colocados em algum lugar entre moda e arte – e não são facilmente definidos ou decifrados.