NXI GESTATIO: NICOLAS REEVES, DAVID ST-ONGE & GHISLAINE DOTÉ

Paradoxal Sleep
File Festival
O projeto “Paradoxal Sleep” integra uma série de obras na qual grandes cubos robotizados, medindo 2,25 m3, funcionam como estruturas flutuantes usadas como plataformas para vários projetos multimídia e performances. No FILE 2012, a equipe da NXI GESTATIO apresentará um único cubo que irá se mover nos espaços expositivos. O cubo reajustará constantemente sua posição medindo a distância entre as paredes ao redor.

.

The “Paradoxal Sleep” project integrates a series of works in which large robotic cubes, measuring 2.25 m3, function as floating structures used as platforms for various multimedia projects and performances. At FILE 2012, the NXI GESTATIO team will present a single cube that will move in the exhibition spaces. The cube will constantly readjust its position by measuring the distance between the surrounding walls.

Zaha Hadid

Opus Dubai Hotel
“O Opus segue à risca a principal missão da Omniyat, de tratar cada projeto como se fosse uma obra de arte única e exclusiva,” disse Mahdi Amjad, presidente executivo e CEO da Omniyat. “O projeto de arquitetura transparece a complexidade e criatividade do trabalho da ZHA; expressando uma sensibilidade espacial única, que transcende os limites entre o espaço interior e exterior, entre o cheio e o vazio e o que é opaco e transparente.”

OLI SORENSON

Video pistoletto
“O projeto Vídeo Pistoletto me permitiu revisitar as performances de Michelangelo Pistoletto, fundador do movimento Arte Povera, quebrando não espelhos, mas telas de cristal líquido (LCD), usando um martelo e um cinzel. Aqui, os cristais se espalham dos pixels discretos da TV, embora permaneçam parcialmente sensíveis ao sinal de vídeo, para gerar composições orgânicas entre os fragmentos de vidro. Fiel aos princípios da Arte Povera, trabalho com um material tecnológico destinado ao empobrecimento, acompanhando os efeitos da obsolescência planejada. Uma vez danificados, estes são transformados em objetos concretos, como as ferramentas de Heidegger que só se manifestam à nossa consciência uma vez tornadas disfuncionais: as propriedades materiais dessas telas só são perceptíveis depois que eu interrompi sua função de abrir uma janela para o mundo.

ICD AND ITKE RESEARCH PAVILION

Pavilhão de pesquisa biônica
O Instituto de Design Computacional (ICD) e o Instituto de Estruturas de Edifícios e Design Estrutural (ITKE) da Universidade de Stuttgart construíram outro pavilhão de pesquisa biônica. O projeto faz parte de uma série bem-sucedida de pavilhões de pesquisa que mostram o potencial de novos processos de design, simulação e fabricação em arquitetura. O projeto foi planejado e construído em um ano e meio por alunos e pesquisadores de uma equipe multidisciplinar de arquitetos, engenheiros e biólogos. O foco do projeto é uma estratégia de design de baixo para cima  paralela para a investigação biomimética de cascas de compósitos de fibra natural e o desenvolvimento de novos métodos de fabricação robótica para estruturas de polímero reforçadas com fibra.

YING GAO

Cápsula viva
FILE FESTIVAL
Luz, variações de forma e mimetismo se encontram em Living Pod. Na frente das peças gêmeas falsas, o usuário pode lentamente colocar a vestimenta A em movimento usando uma fonte de luz. A vestimenta B então imita a peça A de forma exagerada e desequilibrada, mudando a estrutura por meio de motores elétricos em miniatura acionados por sensores de luz que são semeados na vestimenta. Usando técnicas de corte de padrão plano, Ying Gao foi capaz de dar fluidez e flexibilidade ao processo. Além dos movimentos mecânicos das roupas, Living Pods destaca dois aspectos fundamentais do sistema de moda de hoje: confronto e imitação. A vestimenta desempenha um papel mediador entre o homem e seu ambiente. Ao usar a luz, o Cápsula viva é semelhante ao projeto Walking City, que usa o ar para fazer com que as peças pareçam estar respirando.

OLIVIER GROSSETÊTE

Ponte do macaco
Este projeto é a continuação da ponte suspensa. Um formato externo, planejado para o jardim japonês Tatton Park para a bienal de mesmo nome. Esta ponte de corda sairá da água e formará um arco pela tração dos grandes balões de hélio.

the why factory

anarcity

AnarCity investiga e projeta a cidade anarquista. Uma cidade sem governança e coletividade. Uma cidade sem regras. Tem como objetivo simular a situação anarquista final e registrar o que, quando e onde isso deu errado. E onde leva a melhores desempenhos do que a cidade regulamentada. O projeto é baseado no uso de processos generativos interativos que são testados em um modelo abstrato de cidade ou em uma cidade real. Ele mapeia o crescimento da densidade no tempo para explorar a relação entre densidade e anarquia.

Sitraka Rakotoniaina

Time Conditioning
No seu projeto, tempo é reduzido a um parâmetro que pode ser modulável enquanto dissocia o cérebro do resto da experiência corporal. Em “Time Conditioning”, Raktoniaina cria uma prótese para treinar o braço a operar à velocidade de uma mosca. Enquanto isso supõe uma aceleração dos reflexos, o resultado é o oposto, e os neurônios musculares têm uma experiência em slow motion, fazendo com que corpo e mente experienciem o tempo em dois intervalos diferentes.

Vitor Freire

Projeto IJO
FILE SAO PAULO 2015 FILE LED SHOW
“IJO” means dance in Yoruba. The project was born inside a series of actions with the objective of reframing the place of dance and a re-appropriation of the public spaces. Adapted to FILE FESTIVAL, the project unfolds its initial ambition, painting the walls and buildings of the city with dancing. By positioning themselves in front of “IJO”, the participants will have a visual representation of their bodies exhibited in real time on the FIESP building. Dance to tell who you are.

Javier Weyler

This Mess Won’t Make Itself – Dead Seem Old
Dead Seem Old é um projeto de indie pop sedeado em Londres e da autoria do músico e compositor Thom Wicks[…] O resultado é uma peça de indie pop contemporâneo absolutamente memorável, que dos coros aos arranjos das cordas, irradia uma luz incomum e que merece uma audição dedicada.

Robin Baumgarten

line-wobbler
file 2019
‘Line Wobbler’ is a one-dimensional dungeon crawler with a custom controller made out of a steel spring and a five-metre long LED strip display. The entire game runs on an Arduino, with sound, particle effects and 120+fps. ‘Line Wobbler’ is an award-winning experiment in minimalism in game design, making use of novel input mechanics, retro sound, and the incorporation of physical architectural space into the game. In the game, players navigate obstacles and fight enemies to reach the exit, in a series of increasingly difficult levels. Movement is controlled by bending the Wobble controller forward and back, while enemies are attacked by flicking the spring at them. Obstacles such as lava fields, conveyor belts and slopes challenge the navigation skills of the player.

Emmanuel Bossuet

Haute Couture Busts
Emmanuel Bossuet é um diretor de arte francês que trabalha com obras decorativas e intensas, recentemente ele realizou um projeto em parceria com a “Stockman” marca famosa que fabrica clássicos manequins desde 1867. A intenção do artista era clara: utilizar as formas clássicas dos manequins como um suporte virgem para imagens em preto e branco, inspiradas em caleidoscópios, colocando em valor tanto o mundo da moda, como o design.

zaha hadid architects

Lusail Hotel
O escritório Zaha Hadid Architects divulgou um projeto de 750.000 metros quadrados para um hotel e torre residencial no Distrito de Marina da cidade de Lusail, Qatar. O projeto é o primeiro de dois comissionados por H.H. Sheikh Mohammed Bin Khalifa Al Thani para o masterplan da cidade de Lusail que, quando concluída, será a maior cidade sustentável do Qatar, proporcionando entretenimento, emprego e moradia para mais de 450 mil habitantes e visitantes.

DAVID CHIPPERFIELD

ديفيد شيبرفيلد
大卫·奇普菲尔德
데이비드 치퍼필드
דיוויד צ’יפרפילד
デヴィッド·チッパーフィールド
Дэвид Чипперфилд
Knees of my Nose to the Belly

David Chipperfield tem em seus projetos um alto padrão de acabamento e um traço limpo, levando a resultados extremamente elegantes e funcionais. Seu conceito pode ser visto tanto em uma grande obra como em um pequeno objeto de design.

SHAI LANGEN

Shai se define como um artista visual e busca transmitir através de seus projetos a inquietação e o vazio do prazer humano em obras conceituais que contrastam a leveza de um cenário inexistente e a agonia e fragilidade do indivíduo perante os materiais aplicados. Na maioria de suas fotografias – em grande parte feita para a indústria fashion e com o auxílio de outros fotógrafos – o artista é o seu próprio modelo e assume comportamentos hedônicos para concretizar seus trabalhos

PETRA CORTRIGHT

Poor traits
Petra refere na sua maioria a natureza física da experiência de computação em relação com o ser humano, como por exemplo em “Webcam”, um dos seus primeiros projetos, a artista se filma a si mesma através da webcam refletindo a atividade de observação de vídeos online. Nele, Petra surge como uma personagem que questiona todo o processo físico de estar sentado em frente ao monitor, tornando-se num consumidor assíduo de YouTube.

EMILIO AMBASZ

Эмилио Ambasz
Residence au Lac

Célebre por sua bioarquitetura, onde os panos de fachada em vidro, concreto ou alvenaria, cedem lugar ao verde, profuso e exuberante, como a prefeitura da cidade de Fukuoka no Japão. Seus prédios evocam os lendários jardins suspensos da Babilônia, uma das sete maravilhas do mundo antigo, referidos na Bíblia. Emílio Ambasz famoso arquiteto e designer argentino, nasceu em Buenos Aires em 1943 e formou-se na Universidade de Princeton, EUA. No Arizona imaginou uma torre monumental em ferro e vidro, ícone da cidade de Fenix. Um dos seus poucos projetos onde o verde não aparece.

GEOFFREY FARMER

Time Interrupted
Geoffrey Farmer (1967-) Nasceu em Eagle Island, Columbia Britânica, Canadá. Estudou na Emily Carr Institue of Art and Desgn, Vancouver e no San Francisco Art Institute, São Francisco. Residência artística na Kadist Art Foudation, Paris. Trabalha com projetos muitimídias incluindo desenho, fotografia, vídeo, escultura, performance e instalação baseados em assuntos da cultura popular. Vive e trabalha na Columbia Britânica. Participou das Bienais de Instambul, Bruxelas, Sidney e Montreal. É representado pela Catriona Jefries Gallery.

Alex Verhaest

Temps Mort / Idle Times
file festival
Alex Verhaest investiga contrastes, semelhanças e a simbiose/fusão entre homem, máquina, ator e computador. No momento, Alex está envolvido no projeto de um filme que relata a história de uma família envolvida em um antigo drama familiar. A história é distribuída por uma ampla gama de obras distintas, cada uma delas representando um certo momento.

SASHA KURMAZ

Саша Курмаз
Em suas fotografias, a artista da ênfase na combinação de sequências de alinhamento de imagens em um único stream conceitual em que cada foto é auto-suficiente, mas ao mesmo tempo, a continuação da anterior, e é parte de um todo. A ideia do projeto é criar um processo no qual, imbolicamente, formando identidades, relações sociais e as relaçoes entre a geração jovem na cultura corporal.

Eric Klarenbeek, Designer of the unusual

Eye Jewellery

Eric Klarenbeek faz projetos especiais, ou digamos o incomum, para pessoas, projetos ou propósitos incomuns. Seu estúdio conecta criativos, designers, artesanato local e clientes, inventando novos projetos e produtos e acreditando que nosso mundo pode ser muito melhor, mais bonito e honesto. “Meu trabalho é caracterizado pela interação e inovação. Meus produtos podem estar em movimento, reagir à nossa presença ou responder aos desenvolvimentos em nossa sociedade. Busco novos significados e princípios nos objetos, por conexões inexploradas entre materiais, métodos de produção, fabricantes e usuários. Escala e aparelho são irrelevantes. Já projetei joias, mas também desenvolvi conceitos para conectar os turistas aos artesãos locais ”, diz Eric.

Sam Buxton

Clone Chaise

A Chaise Clone é uma espécie de espreguiçadeira luminosa que possui a forma anatômica de um ser humano, ela possui um detector que é capaz de dizer quando tem alguém sentado nela. A partir desse detector ela interage com o usuário conforme a sua respiração e batimentos cardíacos.Os designers estão cada vez mais integrando tecnologia de ponta com seus projetos para produzirem criações inovadoras. Uma das coisas mais comuns hoje em dia é ver trabalhos que lembram filmes de ficção cientifica, e a Clone Chaise é um ótimo exemplo disso. Ela foi criada pelo designer britânico Sam Buxton que apresentou o seu projeto no Montreal Museum of Fine Arts, ele diz em seu site que essa é apenas a primeira edição da cadeira de seis que ainda estão por vir.
A cadeira consegue detectar quando uma pessoa está sentada nela, e as luzes começam a acender conforme isso acontece. Dessa maneira o coração digital e os pulmões da cadeira começam a funcionar. É como se a cadeira ganhasse a vida quando está junta de um ser humano.
A Clone Chaise tem um design bastante criativo, ela é feito com aço, acrílico e alguns equipamentos eletrônicos para produzir a luz quando a cadeira detecta as pessoas que estão sentadas nela. Essa cadeira mede 600 x 750 x 1.850 milímetros, um tamanho mais do que o suficiente pra maioria dos seres humanos.

Winy Maas and Rob Nijsse

The Pixel Power

A investigação, cujos resultados foram apresentados nesta exposição, centrou-se na procura de novos princípios de organização de grandes estruturas, exemplificada com um edifício alto. Foi realizado por manipulações sistemáticas das correlações entre as esferas pública e privada, respectivamente representadas de forma abstrata pelo pixel fechado e ‘o pixel aberto’. Essas transformações exploraram diferentes hierarquias possíveis, entre os pixels abertos e fechados, bem como as partes e o todo, questionando aspectos como a redução dos espaços públicos ao átrio do céu e ao pedestal, o domínio do núcleo ou a repetição dos pisos . Todos os experimentos foram conduzidos com a premissa de que seus resultados devem permanecer abstratos, binários e mensuráveis. Eles trataram apenas das inter-relações entre aberto, fechado, vazio e cheio. A tarefa não definiu nenhum programa específico, nem objetivou a realização de um projeto elaborado. Os resultados podem ser entendidos como um conjunto de Nolli Maps tridimensionais de cidades inexistentes, representações de realidades urbanas complexas, que articulam relações entre espaços cheios e vazios – neste caso volumes. O uso do tijolo LEGO como ferramenta de modelagem permitiu medir os volumes e estimar sua capacidade de facilitar um projeto arquitetônico potencial. Fornecendo um esboço válido para uma elaboração posterior das relações exploradas em uma proposta de design.

LUIGI CANI

projeto de paraquedas do Leonardo da Vinci

LANG/BAUMANN

لانغ باومان
郎鲍曼
랭 바우만

Com sua arte urbana exposta nas ruas das principais cidades europeias e ocupando espaços enormes e inusitados, Lang/Baumann produzem uma dinâmica de interação impactante com a arte.
Sabina Lang e Daniel Baumann são dois artistas suecos que se consolidaram através de intervenções urbanas interferindo na paisagem da cidades e produzindo uma nova interação dos habitantes com a arte e com a própria cidade. Suas obras vultosas podem ser apreciadas por um vasto público que circula pelas ruas onde, em fachadas de prédios, em ruas movimentadas, ou, ainda, em passarelas, elas são montadas/criadas. Mas os artistas não abrem mão, também, das instalações em ambientes internos, a fim de produzir uma variedade enorme de estímulos sensoriais no apreciador de arte contemporânea.
As obras dos dois artistas foram unificados em um único projeto em 1990 com a intenção de criar peças visualmente impactantes sob um único nome, Lang/Baumann. Entre suas obras de arte estão: uma grande escala de cores em asfalto urbano e em pontes conhecidas, luminárias fluorescentes, escadas inacessíveis, parasitas infláveis que invadem prédios, entre outras. Através do trabalho com geometria e a distribuição de elementos arquitetônicos as obras produzem um efeito visual deslumbrante.

BURNING MAN

حرق رجل
燃烧的人
バーニングマン
горящий человек

O festival funciona como uma motivação para as pessoas, trazendo chaves que podem abrir a porta para os aprendizados sobre como vivermos melhor, em harmonia uns com os outros e com o Planeta. Os Burners certamente saem dali transformados, formando relações pessoais significativas e criando forças para a realização de projetos maiores, como consequências da experiência.
.
.

MVRDV

gwanggyo power centre

o projeto de conceito consiste em uma série de edifícios em forma de colina cobertos de mato com grande diversidade programática, visando alta densidade urbana e incentivo a novos desenvolvimentos em torno do ‘centro de energia’, um dos dois centros previstos da futura nova cidade. o centro de energia de gwanggyo consistirá em moradias, escritórios, uma mistura de instalações culturais, de lazer e educacionais, bem como estacionamento. a estrutura em forma de colina é construída com uma série de anéis que facilitam a vida ao ar livre. cada piso será constituído por terraços com sistema de circulação piso a piso, onde a água será armazenada e utilizada para irrigar as plantas. os telhados dessas colinas e os terraços são plantados com sebes de buxo, criando um parque forte, reconhecível e coeso.

TOYO ITO

تويو ايتو
伊东丰雄
טויו איטו
伊東豊雄
도요 이토
relaxation park

o parque de relaxamento em torrevieja, no sul da espanha, projetado por toyo ito permanece parcialmente construído, com construção interrompida devido a possíveis infrações de o direito costeiro. a situação já foi destacada em uma exposição da arquiteta, nathalie gidrón, em um pub alicante, que mostra “o estado em ruínas do edifício atual” construído em a forma de um caracol de madeira e então coberto de cobre, embora o cobre tenha desaparecido e a madeira abaixo agora esteja deformada por causa da umidade. gidrón considera o edifício “uma das joias da arquitetura do século 21. a prefeitura de torrevieja modificou os planos depois que a ordem de interromper a construção foi recebidos e negaram que o projeto tenha sido abandonado. outros grupos políticos estão pedindo que a terra volte ao seu estado natural.